aulaDC07 - eletronica24h

Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Educacional > Cursos > Eletronica Digital 1
Aula06          Indice de Aulas        Aula08
ELETRÔNICA DIGITAL - CIRCUITOS COMBINACIONAIS
Aula  07: Produto Canônico  - Soma de Produtos
1. Produto Canônico  - Soma de Produtos - Multiplex
      Com n variáveis Booleanas (A,B,C.......) o numero de  combinações possiveis  é  2n . Por exemplo, com 3  variáveis são  8 combinações possíveis. O produto das variáveis de forma que resulte em 1 é chamado  de produto  canônico. A tabela 1 a  mostra toda as combinações possíveis    para 3 variáveis.   

Tabela 1 - Produtos canonicos para 3 variaveis
CBAProduto Canonico
000
001
010
011
100
101
110
111
C.B.A
       O circuito  da Figura 1 é um gerador de produtos canonicos, isto é, são 8 saidas de S0 a S7. Somente uma das saidas é alta, quando o produto das tres entradas for 1. Por exemplo se C=0    B=1    e     A=0  para a saida ser 1  o produto deve ser:
.


Figura 1 - Gerador de produtos canonicos de 3 variaveis


2. Multiplex Digital (MUX)
       Um Multiplex (MUX) é  um circuito combinacional usado para enviar várias informações  usando uma única linha física. O diagrama da Figura 2 mostra como  isso é feito. Na Figura 2 o exemplo é de um MUX de 4 canais (entradas). A Figura 2a mostra o   equivalente mecânico através de uma chave rotativa. Observe que  as informações (E0,E1,E2,E3) são transmitidas  uma  após a outra por isso mesmo esse circuito muitas vezes pode ser chamado  de conversor Paralelo-Serie. A Figura 2c mostra a TV.

               
                     ( a )                                                                 ( b )                                                       ( c )
Figura  2 -  MUX de 4 entradas ( a )  Equivalente             mecânico (chave rotativa)   ( b )  bloco MUX de 4 entradas   ( c ) tabela verdade do MUX de 4 entradas

          De acordo com a  Figura 2a, somente uma das entradas (E0,E1,E2,E3)  é  conectada à saída (S)   num determinado instante. A seleção de qual entrada entrada se conecta  com a saída é feita eletronicamente através das  variáveis  B e A na Figura 2b.  A entrada EN (Enable=Habilita) permite habilitar ou não o funcionamento do  circuito. Se EN=0 o circuito funcionará de acordo com o explicado. Se  EN=1 a saída permanecerá sempre  em 0 (por exemplo) independentemente  de B e A. A Figura 2c mostra a TV do circuito.
A  Figura 3 mostra um circuito  MUX de 4 entradas implementado com portas lógicas.   Para o circuito B=A=0 portanto a entrda E0=1 está conectada com a saida S e logo S=1.


Figura 3 - MUX de  4 entradas implementado com portas logicas

       Observe atentamente o circuito logico da Figura 3. Se EN= 1 (5 V), todas as 4 portas AND (E) de 4 entradas receberão "0" o que fará com que as 4 saidas sejam "0" indepedentemente dos valores de BA. A saida será "0".
      Se EN=0 todas as entradas serão habilitadas e somente uma delas permitirá a conexão de uma das entradas (E) à saida (S). A porta AND (E) de 4 entradas que será habilitada será aquela que será selecionada pelo endereço BA. Veja a Figura 4 para mais esclarecimentos.



Figura 4 - Entrada E0 selecionada    B=A=0,  S=E0





2. Experiencia: ExpTDC  Multiplex com portas de 4 canais
2.1. Abra o arquivo ExpTDC_26 _MUX_de_4_entradas_com_portas e  identifique o circuito da Figura 5. Inicie a simulação e verifique o funcionamento do circuito preenchendo a tabela 2.

Figura 5 - Multiplex com portas para experiencia
Tabela 2 -  Multiplex de 4 entrdas com portas
ENBAE0E1E2E3S
1001111
1010000
0101010
0110101
0001010
0010101
0101010
0111111
2.2. Escreva as suas conclusões.


3. Experiencia: MUX de 4 canais com CI
3.1. Abra o arquivo  ExpTDC_27 _MUX_de_4_entradas_com_ CI e  identifique o circuito da Figura 6. Inicie a simulação verificando o funcionamento do circuito.

Figura 6 - MUX  de 4 canais com CI para experiencia
 
Copyright 2015. All rights reserved.
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal