PraticaAOSCRe555aula12 - eletronica24h

Busca
Ir para o conteúdo

Menu principal:

Educacional > Cursos > Pratica com AO, 555 e SCR
 
Experiência11           Indice             Experiência11
Experiência 12: SCR em Corrente Continua  
 
Objetivo
  • Verificar experimentalmente a operação de um SCR      (Retificador Controlado de Si) em CC;
  • Montar um circuito comparador com AO e SCR      verificando a ação de trava do SCR;
  • Montar um circuito detector de luz com SCR;
  • Montar um circuito detector de luz com AO e SCR.
 
 


Material Usado                                                        
1 Bateria de 9 V com terminais
1 Multímetro digital
1 Matriz de pontos
1 SCR TIC106B
1 AO 741
Resistores: 3x470/1 k/2k2/3k3
1 Potenciômetro de 1 k
 1 Potenciômetro de 47 k
1 LED
 

Introdução Teórica
Leia sobre a introdução teorica em Curso Amplificador Operacional  e  Curso Eletronica Basica 2

 
Procedimento Experimental
 
1. Monte o circuito da figura 1a na MP de acordo com sugestão de layout da figura 1b. Verifique o funcionamento do circuito usando as chaves CH1 (para disparar) e CH2 (para resetar). Meça a tensão na carga,   no SCR e no LED e anote.
                                               ( a )                                                                                ( b )
Figura 1 - SCR em CC  ( a ) circuito ( b ) Sugestão de layout - dispositivos fora de escala


UL=___________      USCR=_______________   ULED=___________
2. O circuito da figura 2a é um comparador, isto é, a saída será alta (+9 V) se V+>V- e será baixa (-9 V) se V+<V- . A tensão na entrada não inversora é fixada em metade da tensão da bateria, mas a tensão na entrada inversora depende do valor de Rv que na pratica pode ser um potenciômetro, um LDR, um fototransistor, um NTC, um PTC ou qualquer dispositivo cuja resistência possa ser variada quando uma grandeza física varia.O objetivo é construir um alarme associado à grandeza fisica em questão (luz, temperatura, posição, etc).
3.  Monte o circuito da figura 2a de acordo com o layout da figura 2b. Meça a tensão na entrada  não inversora e anote.
V+=________

4. Ajuste o potenciômetro para que a tensão na entrada inversora seja levemente maior do que a tensão na entrada não inversora, nessas condições a saída do AO é negativa  e o SCR deve estar cortado (caso o LED esteja aceso, reset o SCR usando a chave CH).
5. Varie lentamente o potenciômetro até que o LED acenda, isto é, o SCR dispare. Desligue um dos terminais do potenciômetro e meça a resistência do mesmo, anotando-a como Rtransição.
Rtransição=___________
                                               ( a )                                                                                           ( b )
Figura 2 -  Circuito  com AO e SCR  ( a ) circuito ( b ) Sugestão de layout - dispositivos fora de escala



 
6. Baseado nas medidas e observações s escreva suas conclusões em relação ao item.
 
 
7. O circuito da figura 3 é um alarme de luz, no claro o potenciometro é ajustado para que V+ seja menor que V- desta forma a saida do AO é  -Vcc e o SCR estará cortado. Quando é feito sombra sobre o LDR a resistencia do mesmo aumenta muito, fazendo V+ maior que V-  fazendo a saida do AO ir para +Vcc e disparando o SCR que liga um alarme, no caso acende o LED.
 


Figura 3 - Circuito de alarme ativado por  luz

8. Monte o circuito da figura 3 na MP de acordo com o layout da figura 4, ajustando o potenciômetro para que a saída do AO seja baixa (-Vcc) quando o LDR estiver iluminado, isto é, a tensão na entrada não inversora levemente inferior à da entrada inversora.

Figura 4 - Montagem do circuito da  figura 3 na M.P


 
9. Faça sombra sobre o LDR (coloque a mão em cima do mesmo) observando o que acontece com o LED. Se necessário for, repita a experiência, e para isso resete o SCR, com o LDR iluminado.
 
10. A partir das medidas efetuadas e observações efetuadas escreva as suas conclusões em relação ao item 8.
 
 
Bibliografia:  ALBUQUERQUE, Rômulo O. Utilizando Eletrônica com AO, SCR, TRIAC, CI 555, LDR, LED, IGBT.  São Paulo: Erica:, 2009
Experiência11           Indice              Experiência11
                   
 
Copyright 2015. All rights reserved.
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal